Empréstimos para o Turismo quase dobraram no início do ano

Os empréstimos feitos pelas instituições financeiras para o setor de turismo quase dobraram entre janeiro e fevereiro de 2016, segundo boletim do Departamento de Ordenamento do Turismo, do Ministério do Turismo. Os valores aumentaram de R$ 447 milhões de janeiro para R$ 864,2 milhões em fevereiro, totalizando R$ 1,311 bilhão nos dois primeiros meses do ano.

O Banco do Brasil ofereceu a maior parte dos financiamentos – R$ 814,37 milhões nos dois primeiros meses do ano, o que corresponde a 62% dos valores. A Caixa Econômica Federal aparece em segundo lugar com R$ 459 milhões (35%) e o Banco do Nordeste vem em terceiro, com R$ 24,55 milhões em empréstimos. O Banco da Amazônia, por sua vez, forneceu R$ 13,95 milhões.

Além do financiamento para as empresas turísticas, o Ministério do Turismo articula com os bancos empréstimos para o consumidor final, por meio de cartões de crédito de turismo, que podem ser usados em hotéis, companhias aéreas, locadoras de veículos, restaurantes, bares e parques temáticos.

A Caixa Econômica, por exemplo, nos dois primeiros meses do ano, disponibilizou para uso do consumidor final R$ 2,6 bilhões em cartões de crédito.

Fonte: Blog e-Turismo | Tribuna do Norte

Deixe uma resposta